Festa do Senhor dos Passos é exibida em documentários realizados através da Lei Aldir Blanc

Apesar das limitações impostas pela pandemia, a cultura de Lençóis foi presenteada com um projeto de salvaguarda desenvolvido pela Sociedade União dos Mineiros (SUM), que vem fortalecendo os principais grupos culturais e preservando a história da cidade. No último sábado (14), foi apresentado ao público o resultado de mais uma etapa do projeto Festa do Senhor dos Passos – Padroeiro dos Garimpeiros de Lençóis, com a exibição de uma série de documentários que apresentam os grupos, suas particularidades e sua relação com a festa.  

Os documentários foram produzidos pela Montanhas Filmes, sob a direção de Marcelo Abreu.  

A programação contou com a apresentação inicial da festa dos garimpeiros, através de depoimentos de pessoas que tiveram participação ativa nos festejos como os membros da SUM e outros. Na sequência, outros 6 mini docs destacaram a identidade dos grupos integram a manifestação de fé.

Com direito a pipoca e refrigerante, a projeção dos documentários destacou a produção dos personagens culturais como o momento de confecção do chapéu, que personifica o grupo de Reis, a Marujada, o Jarê, a Capoeira com a fabricação do caxixi, a fabricação das bandeirinhas, que representam a enxada do garimpo, além do churrasquinho de garimpeiro.

A Festa de Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos, que está prestes a ser considerada Patrimônio Imaterial da Humanidade teve o projeto executado pela Mineira, com apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado da Bahia-IPAC (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Com a realização do projeto, desde o início do ano todos os grupos culturais que compõem a Festa do Senhor dos Passos foram beneficiados nas 17 ações realizadas até o dia 20 de agosto.

A exposição aconteceu na sede da Sociedade União dos Mineiros (SUM).

O espaço foi decorado com figurinos dos grupos da Cultura Popular de Lençóis, da Phylarmônica Lyra Popular, do Santuário de Senhor dos Passos e do Memorial do Garimpeiro. Instrumentos musicais, tambores do Jarê, lembrancinhas, adereços e equipamentos estão entre os materiais expostos.

Além de site oficial da festa (https://senhordospassoslencoisba.com.br/), a produção de conteúdo gráfico de comunicação digital e impresso, a criação do hino para as baiana; uma série de 7 documentários; oficinas diversas com bolsas para os participantes; aquisição de materiais para a Igreja do Senhor dos Passos; recuperação de 800 partituras para Phylarmônica Lyra Popular de Lençóis; equipamentos para a Capoeira; figurinos completos e instrumentos musicais para grupos de reizados e marujada, além da readequação do memorial do garimpeiro com equipamentos de suporte e segurança, entre outros.

Os resultados do projeto e a lista de todas as ações promovidas podem ser conferidas na SUM.   

Exposição na SUM

Entre os dias 25 de maio e 8 de junho, moradores, turistas e associados da SUM tiveram a oportunidade de conhecer parte do trabalho que resultou numa exposição com figurinos e artefatos adquiridos pelo projeto para suporte dos grupos. A exposição aconteceu na sede da Sociedade União dos Mineiros (SUM).

O espaço foi decorado com figurinos dos grupos da Cultura Popular de Lençóis, da Phylarmônica Lyra Popular, do Santuário de Senhor dos Passos e do Memorial do Garimpeiro. Instrumentos musicais, tambores do Jarê, lembrancinhas, adereços e equipamentos estão entre os materiais expostos. Saiba mais: https://radardachapada.com.br/lencois-figurinos-de-grupos-culturais-da-festa-do-senhor-dos-passos-entram-em-exposicao-realizada-pela-sum/

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários