Chapada Diamantina: um dos principais destinos de ecoturismo no Brasil

Cachoeira do Sossego, Lençóis/Bahia
Cachoeira do Sossego, Lençóis/Bahia

Localizada na região central da Bahia, a Chapada Diamantina se destaca como um dos destinos mais procurados para a prática de ecoturismo no Brasil. São quase 40 mil km2 de área que reúne cidades históricas com trilhas que levam a morros, grutas, rios e cachoeiras impressionantes.
Procurada por turistas brasileiros e estrangeiros, a Chapada tem o clima semiárido tropical e pode ser visitado em qualquer período do ano. É uma opção de passeio para todos os gostos.
Os principais atrativos naturais possuem nível variado de dificuldade entre leve, moderado e intenso, além da vasta riqueza cultural nas principais cidades que fazem parte do parque.

Como chegar?

Por ser uma região muito grande, os atrativos estão distribuídos de norte a sul do parque, por isso, é fundamental planejar sua viagem de acordo com os atrativos que deseja visitar para definir a melhor logística da viagem.

A principal via de acesso ao parque é pela rodovia federal BR-242, que dá acesso à cidade de Lençóis. A cidade é conhecida como a capital da Chapada Diamantina por  oferecer a maior infraestrutura turística da região. O Parque Nacional pode ser dividido em três regiões, norte, centro e sul, que possuem diferentes meios de acesso.
A seguir estão descritas as particularidades de acesso à cada uma das regiões, conforme informações fornecidas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente que administra o parque:

REGIÃO NORTE DO PARQUE (LENÇÓIS E PALMEIRAS)

A partir de Brasília

Carro: seguindo a BR-020 são 541km até Luiz Eduardo Magalhães-BA. A partir daí são 491km pela BR-242 chegando até a cidade de Seabra. 28km à frente está a entrada da BA-849 que vai para a cidade de Palmeiras. 60 km depois de Seabra está a entrada da BA-850, que dá acesso à cidade de Lençóis.

Ônibus: Há linhas regulares de ônibus com destino final em Salvador que param em Seabra (Viação Rápido Federal). A partir de Seabra há ônibus para Palmeiras e Lençóis em 3 horários do dia.

A partir de Salvador

Carro: seguindo a BR-324 são 120 km até Feira de Santana. A partir daí seguindo a BR-116 são 70km até a BR-242, onde se percorre 218km até chegar à BA-850, rodovia de acesso a cidade de Lençois, ou 250km até chegar à BA-149, rodovia de acesso à cidade de Palmeiras. De Palmeiras ao distrito do Capão são mais 20km de estrada de terra.

Ônibus: há ônibus regulares para Lençóis e Palmeiras todos os dias da semana (Viação Rápido Federal). Da cidade de Palmeiras para o distrito do Capão existem vans que realizam o transporte.

Avião: os voos foram suspensos desde o início da pandemia, em períodos normais a Azlul Linhas Aéreas opera com dois voos por semana na baixa temporada e três voos na alta temporada para o aeroporto de Lençóis.


REGIÃO CENTRAL DO PARQUE (ANDARAÍ E MUCUGÊ)

A partir de Brasília

Carro: Para chegar até Andaraí são 541km seguindo a BR-020 até Luiz Eduardo Magalhães-BA. A partir daí são 582km pela BR-242 até chegar à BA-142, rodovia de acesso a cidade de Andaraí, 51km à frente. Para chegar em Mucugê são mais 50km após Andaraí seguindo pela BA-142.

A partir de Salvador

Carro: seguindo a BR-324 são 120 km até Feira de Santana. A partir daí seguindo a BR-116 são 70km até a BR-242, onde se percorre 182 km até chegar à BA-142, rodovia de acesso a cidade de Andaraí, 51km à frente. Para chegar em Mucugê são mais 50km após Andaraí seguindo pela BA-142.

Ônibus: há linhas regulares de ônibus regular para Andaraí e Mucugê todos os dias (Viação Águia Branca e Cidade Sol).


REGIÃO SUL DO PARQUE (IBICOARA E ITAETÊ)

A partir de Salvador

Carro: seguindo a BR-324 são 120 km até Feira de Santana. A partir daí seguindo a BR-116 são 70 km até a BR-242, onde se percorre 182 km até chegar à BA-142, rodovia de acesso às cidades de Andaraí (51 km à frente), Mucugê (101 km à frente) e Ibicoara (177 km à frente). Para acessar Itaetê a melhor opção após Feira de Santana é seguir mais km até a BA-046 e seguir no sentido à cidade de Marcionílio de Souza. Itaetê está a km à frente.

Ônibus: há uma linha regular de ônibus todos os dias para Itaetê (Cidade Sol). Para Ibicoara há uma linha aos sábados (Cidade Sol). Nos outros dias da semana é possível ir até Barra da Estiva (Emtram) e de lá pegar um ônibus para Ibicoara às 10h.

A partir de Vitória da Conquista

Carro: seguindo a BA-142 são 220 km até a cidade de Ibicoara. Para ir para Itaetê segue-se até Mucugê pela BA-142 e depois mais 27 km até a entrada da BA-245. A partir deste ponto são mais 37 km de estrada em condições precárias até a cidade de Itaetê.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários